Pais e educadores percebem cada vez mais que nossos filhos e alunos mudam seu comportamento devido ao aprofundamento em convivência tecnológica. Temos que desenvolver estratégias de “ligação interessada” e tornar nosso dia a dia simples e relacional. Estratégias de “sedução”, motivacionais e que também nos fazem bem à convivência mútua.