Saiba diferenciar sua dependência emocional e a dependência química que ela acarreta. Trace um plano personalizado com estratégias práticas e que viabilizam seu “desapego” e consequente acesso à vida saudável.